Cinquenta Tons de Cinza chega ao Brasil


   Sim, a nova febre mundial entre mulheres vai ser lançada no Brasil ainda esse ano. O primeiro volume da série de E. L. James, Cinquenta Tons de Cinza, que começou como uma fanfiction de Crepúsculo e se tornou um fenômeno entre mulheres com mais de trinta anos, chega ao Brasil dia 1º de agosto, pela editora Intrínseca. As duas outras continuações, Cinquenta Tons Mais Escuros e Cinquenta Tons de Liberdade chegam ao país em 15 de setembro e 1º de novembro, respectivamente.
   Apelidado pela mídia estrangeira como "pornô para mamães", a triologia erótica já ultrapassou várias marcas de vendas lá fora, dentre elas, primeiro livro de bolso a chegar a 1 milhão de cópias vendidas e 10 milhões de cópias vendidas nas seis primeiras semanas (nos Estados Unidos). A Focus Features - da grande Universal Pictures - comprou os direitos para passar a triologia das páginas para a telona. Kristen Stewart é a preferida das fãs para fazer o papel de Anastasia Steele, e Ian Somerhalder (Damon de The Vampire Diaries), já disse que aceitaria fazer o papel de Christian Grey.
"Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos."


   A capa do primeiro livro me chamou a atenção assim que a vi, uma coisa levou á outra e fui buscar mais sobre a história. Pelo que vi a história tem partes bem adultas (mas bem mesmo, à ponto de deixar qualquer pessoa encabulada - e realmente não é recomentado para o público principal de Crepúsculo. O livro trata de uma relação sadomasoquista e de submissão sexual de uma jovem mulher ingênua (clichê, não?) e um empresario misterioso.
   As poucas coisas que li sobre o livro, me deram tamanha vergonha alheia, que até parei. O livro não faz o meu estilo mas mesmo assim desperta uma certa curiosidade. E claro, não podia falar dessa série sem citar as paródias hilárias que rolam na internet. Particularmente, a do Saturday Night Live é a melhor na minha opinião, dentre as outras também vemos Ellen Degeneres e Kristen Stewart ficando sem graça ao ler trechos do livro e a a paródia feita pela Selena Gomez, Fifty Shades of Blue (Cinquenta Tons de Azul).

E vocês, vão ler o livro?





3 comentários:

  1. Oi linda! Tem meme pra vc lá no meu blog! Bjão

    http://perdidasnabiblioteca.blogspot.com.br/2012/07/meme-meu-blog-e-divo.html

    ResponderExcluir
  2. Eu coloquei os 3 livros na minha lista de "vou ler" e "desejados" no skoob, mas pra ser sincera, não to com muita pressa. E se for alguma coisa parecida com Crepusculo, acho que não vou gostar muito... :/

    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que não vou ter coragem de comprar esse livro, haha. Não acho que ele vai valer o dinheiro, mas quanto a ser parecido com Crepúsculo, acho que só talvez na parte da escrita, já que a autora desse também é inesperiente (e pelo o que alguns dizem escreve muito mal). Mas sendo um livro de relação sadomasoquista, já meio que se desliga de toda aquela inocência de Crepúsculo.

      Excluir